SmartLinks

Smart Blog

Quiz GDPR

GDPR as famosas siglas que nas últimas semanas invadiram o seu correio digital e postal. Quanto a nós, como Agência de Marketing Digital, recebemos inúmeros contactos e pedidos de esclarecimento sobre o GDPR (General Data Protection Regulation) ou RGPD (Regulamento Geral de Proteção de Dados).

O GDPR em bom português está a “dar pano para mangas”, não se fala em outra coisa. Ora, pois bem, vamos apresentar a nossa visão sobre este tema que muita tinta faz correr.

O GDPR é um diploma Europeu (EU 2016/679) com o objetivo de determinar regras referentes à proteção, tratamento e livre circulação de dados pessoais de pessoas singulares em todos os países membros da União Europeia.

Este regulamento visa essencialmente reforçar a proteção de dados, prevista no art.º 8.º da Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia, e harmonizar a legislação existente nos Estados-Membros, criando as bases para o mercado único digital.

Esta legislação afeta todas as entidades da União Europeia, e aqueles que, mesmo não fazendo parte da UE, gerem dados de residentes da UE.

Ora, como a partir do dia 25 de Maio de 2018, as empresas são obrigadas a demonstrar que cumprem com as normas GDPR, anda tudo num “upa upa de uma correria”. Vamos lá a simplificar! As medidas a implementar são:

  • Assegurar medidas de segurança dos dados pessoais;
  • Informar e esclarecer os funcionários sobre as normas do GDPR;
  • Criar um Data Protection Officer (DPO), responsável por gerir o processo de proteção de dados;
  • Avaliar a necessidade de elaborar um Privacy Impact Assessement (PIA), ou seja, um documento que avalia o impacto no tratamento dos dados pessoais, e respetiva monitorização;
  • Mapeamento e categorização dos dados pessoais recolhidos e tratados;
  • Caso exista uma falha de segurança, no prazo de 72h, comunicar às autoridades reguladoras e aos respetivos titulares dos dados a ocorrência de incidentes de violação de dados.

Com mais ou menos uma nuance não são tudo medidas que a sua empresa já aplicava?

Partilhamos e subscrevemos as regras que definem as boas práticas contra as armadilhas do GDPR, descritas por Miguel Gonçalves, CEO da empresa E-Goi:

RegraN.º1 – Não ser manhoso
Regra N.º2 – Ter bom-senso
Regra N.º3 – Facilitar o acesso

Em suma, estas três regras refletem o que muitas empresas já deveriam aplicar: Se não quer ir parar às chamadas listas negras, envie apenas comunicações para a sua rede de contactos autorizada. Mantenha sempre a possibilidade dos subscritores deixarem de receber as suas comunicações. Se os utilizadores não estiverem a abrir ou a clicar nas mensagens, reduza a frequência ou mude de abordagem. Todos os seus subscritores têm o direito à privacidade dos seus dados pessoais e isso faz com que você se veja obrigado a eliminar permanentemente esses dados caso lhe façam esse pedido.

Se a sua empresa já se preocupava em garantir a proteção dos dados pessoais, possivelmente, você já cumpre as regras do GDPR. No fundo, esta legislação é regida por regras de bom-senso, já conhecidas, e o seu não cumprimento já era punido por lei há muitos anos. O que o GDPR trás de novo, é o fim do clima de impunidade, uma vez que são aplicadas multas de valor astronómico àqueles que não cumprirem com as regras de proteção de dados.

Faça o Quiz GDPR da BBC News e teste os seus conhecimentos sobre o regulamento geral de proteção de dados. Descubra o quão perito está na matéria! Qualquer questão, como Agência de Marketing Digital, estamos disponíveis para o esclarecer e para o ajudar a cumprir as regras do GDPR.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Usamos cookies para oferecer a melhor experiência on-line. Ao concordar em aceitar o uso de cookies de acordo com nossa política de cookies.

Privacy Settings saved!
Configurações de Privacidade

Quando visita um site, ele pode armazenar ou recuperar informações no seu navegador, principalmente na forma de cookies. Controle os serviços de cookies pessoais aqui.


São imprescindíveis para navegar no website e garantem uma experiência de excelência. Servem para medição de audiências e possibilitam a divulgação de publicidade sem personalização.

Permitem personalizar as ofertas que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Mesmo não aceitando estes cookies, poderá receber ofertas, mas sem corresponderem às suas preferências. Obtenha uma experiência mais personalizada e completa de conteúdos, que guarda as suas preferências e lhe mostra apenas conteúdos relevantes, contribuindo decisivamente para uma experiência de qualidade superior. Não se preocupe, só enviaremos comunicações que nos solicitar!

Aceitar todos
Rejeitar todos
Scroll to Top